segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Amar

Quero menos sanidade e mais amor, amar loucamente sem pudor. 

Nenhum comentário: