segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Te peço piedade!


A vida deveria ter algum sentido no qual me fizesse acreditar ainda mais por ela! Quando nos deparamos em situações que nem mesmo nossa mãe pode nos ajudar procuramos por Deus? Ele esteve por aqui todos os dias, e não pude ao menos notar a sua valiosa presença.
Paro, olho para cima, é o meu único referencial que tenho, que Deus esteve lá em cima por todos esses tempos, não agradeci e nem mesmo pedi por nenhum dia me concedido.
Mas hoje peço e clamo por um entrada sem saída do seu reino Senhor, mas uma vez falo em tristeza, as minhas palavras durante 365 dias do ano foram de tristeza, quando mencionava algo em alegria, era alegria em superar uma tristeza.
Então mais tarde outra tristeza me alcançava, e me levava até você. Durante um ano te pedi por força e sabedoria, você me atendeu meu Deus, ao te pedir força o Senhor me colocou em uma situação que era necessário ser forte, ao te pedir sabedoria o senhor me fez sábia.
Agradeço pela minha existência, mas caso tenha que suportar algo pior que tudo que vivenciei, posso cair em fraqueza, ou talvez não seja tão sábia o suficiente!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Ctrl + C Ctrl + V

Sempre fui muito independente, mas eu juro a culpa não é minha!


A cada esquina que virei, virei com os meus próprios pés sem a ajuda de ninguém, ao atravessar a rua já não seguro mais a sua mão. Quando nasci Deus me deu aquela oportunidade, mas nasci sozinha, chamando por um outro ser que habitava um lugar como o que eu habitava. Em questão de três segundos ele me seguiu e um forte oxigênio fez com que ele chorasse, e após algum tempo fez com que a minha mãe chorasse, pois viria ao mundo duas criaturas feitas por ela.

Ambos piscianos, cheios de sonhos e criatividade. Um deles tem o dom da pintura, já o outro o dom da escrita, o outro usa óculos, já o outro usa se quiser, ela é muito independente sabe quando deve usar, um deles quase não chora, o outro chora sempre que sente saudades, um deles tem amor a vida e quem compõe a sua vida, o outro faz de conta que esse mundo é só seu, como se não existisse mais ninguém! Um trouxe o outro a maternidade, ambos nunca deixaram de sonhar!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Não me esqueça!

Ei, cara! Você tem nos feito muita falta, ouço todos os dias falar em você, mas não digo isso porque tenha partido já era muito falado.

- Não se preocupe doidinha, estou em um lugar melhor, se vocês soubessem me invejariam. Aqui é tudo mais bonito, fui perdoado por todos os meus pecados, o firma grande aqui é muito misericordioso assim como dizem. Ainda sou o mesmo, com a mesma fisionomia e dialeto, nada mudou vocês apenas não me veem, mas ainda estou por aqui. Um pouco triste por ter deixado saudades, sei o quanto saudade dói! Ai na Terra mesmo com vocês ao meu lado, era muito sozinho. Tinha apenas a mim mesmo!

Sinto saudades daquilo que não vivi, mas sei que não sofri! Estou em um lugar que nada me preocupa mais, assim como antes. Não chore mais por mim, e aqueles que me tiraram a vida Deus espera por eles.

Até logo!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

22 de novembro de 2010.

Não tenho nenhuma palavra a dizer, ainda não posso crê! Por isso usei algumas palavras de Cazuza:

''O amor é o ridículo da vida. A gente procura nele uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo. A vida veio e me levou com ela. Sorte é se abandonar e aceitar essa vaga ideia de paraiso que nos persegue, bonita e breve, como borboletas que só vivem 24 horas. Morrer não doi. ''

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Para quem leu!

Fiquei muito feliz ao ler um comentário de uma pessoa que mora um pouco distante de mim. O rio de janeiro continua lindo! Adorei o seu comentário, me trouxe mais animo para escrever. Muito obrigada e volte sempre.Blogger  
 
Vinícius disse...
nossa, eu estava pesquisando algo no google a acabei parando aqui e lendo esse pequeno texto que de certa forma fala muito, "caretas não choram, não sofrem" interessante, as vezes parece mais fácil se entregar a isso sabe? encaretar um pouco, parar de fumar, beber, de viver... mas o cigarro e o alcool fazem com que, eu pelo menos, me sinta vivo, mesmo levando nossas vidas com alguma tristeza, que toda pessoa da noite carrega em si, mais vale o sofrimento te ser do que o sofrimento de você não saber o que é sofrer, e parece muito dificil viver sem o artista dentro de você que necessita ser amoral, e também viver sem as drogas que te sujam, te inspiram, e fazem com que você sinta tudo com muita intensidade, cada momento de sua vida e cada batimento do coração, sentindo o sangue circulando em você, no seu corpo, no seu cérebro. Muito bom mesmo sem texto :] Letícia: Alô Rio de Janeiro, aquele abraço ;) SUCESSO PontOito!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

A noite não se calou.



A menina mimada jamais trocaria a roupa de sua boneca por uma outra boneca, aquele bebê jogado no lixo jamais foi encontrada ou algum anúncio de jornal foi deixado em uma enquete, a minha neném não foi encontrada, poderia eu ir em busca daquele lixo? Será que não houve nenhuma força para que ela chorasse até que alguém pudesse escuta-la? Ou será que naquela noite não fazia frio? Ou será que ela estava aquecida por algum tipo de pano?
Para morrer, você tem que ser mais forte do que aqueles que querem sobreviver.

Respiraria o mesmo ar poluente que aquela menina respirou naquela noite, ou será que lhe faltou ar por isso não chorou?
 Posso continuar a viver, mas jamais esquecerei aquele rosto angelical que me pedia para ficar.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Me acorde ás seis!


Enquanto isso ela dormia em uma cama confortável que nada lhe dizia, nos deixando com saudades daquele sorriso esplendor e sua imensa alegria.

Enquanto dormia tudo se repetia, sua roupa a cada dia, sua fome por uma espera, até mesmo seus sonhos se repetiam. Enquanto tudo era tão igual existia dentro daquela menina uma cede por livros, flores, revistas e tudo nos fazia lembrar daquelas pequenas borboletas!

Ao final de um arco-íris há um tesouro a sua espera, nesse arco contém espinhos e não poderíamos imaginar se quer o que haveria sido colocado naquele pote colorido. Caminhei, sonhei e ainda espero por uma linha de chegada!

Me faça rir, pois já sonhei demais!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Sarvalap ...



Há dias tenho buscado palavras, penso, leio algo pra esclarecer a minha mente, amo, choro, deixo cair um sorriso, tenho raiva, e penso em um novo amanhã e as minhas palavras ainda faltam comigo.
Diariamente tenho um número de visitas satisfatório no meu ponto de vista, sei que muitos apreciam meus textos, alguns acham graça, ele vem aqui pra saber o que se passa em minha cabeça já que sou tão covarde!
Reli todos os meus textos ontem, alguns são tristes, outros ainda não têm a formatação correta, percebo que pude crescer  por um tempo. Existiu um personagem principal em PontOito, ele ainda existe!
Minha cabeça está vazia, estou perdida em um Espaço, o horário político ainda permanece, minhas palavras ainda são as mesmas, meu vocabulário se limitou, as imagens surpreendem a vocês e a mim também, meu personagem ainda me chateia, mas não há se quer uma só palavra, um título e minha mania permanece.

Estou com saudades de quem sou!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

De volta ao Paraguai.



Já que tentei, lutei e infelizmente sonhei, estou de volta em meu Paraguai. Não sei namorar, esqueci como se faz para amar.
Desejei um companheiro pra comigo sempre está, ele saiu e não me fez uma ligação, amanhã ele me procura, mas estarei longe demais, não há fronteira que o deixará transpassar.
Já esqueci como se sente amor, como se sente frio e ele me esquenta.
Esqueci por esquecer, mas as coisas passadas insistem em permanecer.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Vê para crê.


Tenho ainda como o meu ''anjo'' que me faz crescer, sorrir, e me dá ainda mais forças para viver.
Deus não te colocou na minha vida por um acaso ou um destino qualquer, não falamos em  futebol porque eu assistia futebol, e sim porque era o horário político que dominava a TV.
Com você eu aprendi o que é o sentido real de amor, passei por cima de todos os meus limites e hoje estou aqui ainda ao seu lado, me sinto feliz e por muitas as vezes me sinto amada por você, espero que eu consiga também te passar o amor que sinto por você que me consome,e que me faz tão bem.
A sua felicidade é algo que me fazer acreditar em nós, e quando me deixa cair um lindo sorriso é quando posso crê que algo de bom nos reserva por mais uma dia.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Ser careta conta.



Preciso aprender chorar sozinha, as lágrimas secarão com o vento!
É a hora de ser careta, caretas não choram, não sofrem, não fumam, não bebem. Caretas são felizes, pois não lhes restam outra alternativa a não ser sonhar com a felicidade.
O mundo está ai, mas quem foi que disse que ele está ai para que possamos vive-lo? Apenas o observe, veja o quanto o mundo é algo de fato ''mundano''.
Observo então com um cigarro ao lado, um copo de whisky à disposição, mas não tenho sede e não trago, obeservo também o cigarro se apagar, e a bebida um dia evaporar.

domingo, 29 de agosto de 2010

Hoje é dia de Pijama.



Mais uma vez em saudade, tenho saudade quando ainda era uma garota. Acredito que fui a única garota sem paixão na infância, brinquei pouco de boneca, e não sonhava em ser médica, sonhava em crescer é ser grande, me apaixonar era o último pensamento quando colocava o meu pijama e me deitava em minha cama.
Hoje foi o meu dia de pijama, ainda sinto saudade, estou sozinha e arrodeada por pessoas.
A paixão não é coisa de se sonhar, quando veste um pijama pensa, só pensa e ela vem acompanhada com o medo.
Eu sou assim, sou feliz tenho saudade, sozinha, medrosa, e como toda pisciana eu sonho, sempre sonhei e não vai ser agora que deixarei de sonhar, logo quando vestir o meu pijama sonharei, há possibilidade de pesadelo.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Ainda é cedo amor




Esteve um tanto quanto atrasado ao retorno, a hora do perdão se esgotou, o relógio parou e você me beijou.
Todos deveriam sempre ter alguém para voltar, nem que seja um cachorrinho, não há dinheiro no mundo que possa pagar um bom retorno. Ao voltarmos para casa, alguém espera ansiosamente pela sua chegada, quando não está faz uma falta que nada e nem ninguém poderá suprir essa necessidade!
Vá para bem longe em um ângulo no qual não possa te ver, quando retornar estarei morrendo de saudades suas.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Cão Guia



Tenho estado cega para uma possível vida, como você mesmo disse: '' - O mundo não é seu!'' E agradeço a Deus por não ser meu mesmo, porque se fosse muitas mudanças iriam ocorrer, começando por você que a cada dia deixa ainda mais claro que não devo persistir em uma mudança, a mudança é uma arte, caso não mude me retiro por que sou quase tudo aquilo que sempre quis.

Não consigo mais um dia feliz sem uma discussão, um bom abraço, acredito até mesmo está em um lugar perdida no espaço.
Me pego distraída, mas dessa vez não pensando em você, muito menos em borboletas, ou sobre amor. O amor seria um sentimento no qual tenho corrido dele!
Tenho estado apaixonada todos os dias, mas resisto à me entregar.
Existe alguém que possa me guiar ou até mesmo me curar dessa escuridão? Não posso enxergar, apenas sinto meu coração fugindo dessa paixão.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Acreditar é saber voar!



Ela acreditava em borboletas, e por acreditar elas existiram. Existe alguém que lhes deram forças para voar, que criou o vento para que pudesse leva-las em uma direção sem fim.

Papo Furado.



Já notaram que quando há silêncio em um elevador o primeiro assunto mencionado por alguém que se sente mal com aquele silêncio desconhecido é o famoso tempo?

- Tá frio hoje né?!
Acompanhado de um sorriso amarelado, você que me perguntou sobre o tempo não merece o meu sorriso, assisti o jornal pela manhã e sei que não há possibilidade de chuva.
Era melhor que ficasse em silêncio, ou então que falasse em amor, dois assuntos que são levemente entediantes e que insisto em falar.
Tem gente que até acha graça porque aqui dentro existe tanto amor, quando existe possibilidade de chuva levo aquele casaco enorme somente para fazer volume em minha bolsa deixando tudo cair dentro do ônibus porque o meteorologista estava enganado, ele não tinha nada mesmo para falar faltava assunto e ele resolveu dá o seu palpite insignificante que poderia chover.
Então, a chuva chegou e eu estava despreparada, e mais uma vez riram de mim porque estava molhada.
Fico olhando a primavera se despedir juntamente com o verão, inúmeras folhas cairão com a chegada do outono trazendo o inverno, e ainda estou na janela pensando o que vestir, será que irão ri de mim?
Fique em silêncio ao entrar em um elevador!

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Posso falar em tristeza?




Já que há público e há tristeza, vamos lá PontOito seria um abandono covarde essa retirada, só porque diz está ''amando'' quer dizer que não há nada de novo para nos contar? Sobre borboletas azuis, verdes, coloridas...
Qual seria sua característica? Um blog para que possamos saber o que acontece sob sua vida pessoal, uma vida que quando é mencionada em forma de fábula o final poderia ser ''feliz''. Talvez, se todos que acompanham já tinham a expectativa de um bom e lindo final feliz.
Mas acontece que PontOito é muito mais que uma velha fábula de amor, são lágrimas de tristeza e de rancor. Ela veio até aqui para saber o que se passava em minha cabeça, e ele só não a usou melhor não porque as borboletas o pegaram pelos braços e trouxe ele de volta para mim!
Basta esse ''blá, blá'', sabemos que borboletas são capazes de voar e que pessoas se retiram de nossas vidas quando a vontade chama.
Essas borboletas nunca existiram e eu sou uma tola de usa-las como personagens principais, sendo que sou eu quem perco noites de sono lembrando do que aconteceu, derramando lágrimas de tristeza, eu que fui triste por alguns dias enquanto elas voavam por ai.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Cupido apaixonado.



Amor, amor, amor...
Estive ausente por tempo aqui em PontOito, muitos leitores se queixaram dessa ausência.
Por um bom tempo falei sobre amores, questionando pessoas que não falam no assunto, alguns que dizem não amar. Já eu que amo demais, trouxe um amor de volta para mim me sinto com a impressão de 'dever cumprido'.
Hoje quem se sente ferido não são as minhas borboletas que foram massacradas e pisadas, elas voaram e me deixaram com sede de voar, mas aqui permaneço no meu devido lugar amando como da primeira vez.
Dizem que deveríamos nos casar com o nosso primeiro amor, com convicção que seria o amor mais ofensivo e que amamos com mais intensidade! Fomos puros e consequentemente tolos, tolos de amor.
Alguns gostam da maneira como citei a perca da minha inocência, amar é uma receita, mas a perca da inocência é algo que se aceita.
O meu cupido foi flechado, ele está amando e se casou com uma linda borboleta, ela consome o tempo do meu cupido. São ligações de 15 em 15 minutos, estão sempre juntos, e fazem isso porque gostam um do outro, eles sabem voar podendo assim acompanhar os passos um do outro e se caírem, cairão juntos pois estarão de mãos dadas.
Até breve PontOito, me desculpe meus leitores não haverá por enquanto nenhuma novidade diária. Quem sabe quando aquele cupido cair na real?

'' Quem não ama não conhece à Deus, pois Deus é amor.''

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Dose Dulpa. Vale a pena ler de novo!


Borboletas em meu caminho.

Tive um sonho! Em uma vida real vejo as borboletas passarem por mim,na grande maioria das vezes percebo sua chegada,mas dessa vez me surpreendeu,não esperava por elas!
Traição,fidelidade isso tem me atraido de forma incoerente!
Você tirou o que havia de mais valioso em mim,tirou a minha inocência me trazendo criatividade,as borboletas me trouxeram ternura.
23:23 Pensando em você assim sigo o meu caminho,com a certeza que estará pensando em mim também,não com a mesma intensidade de alguns dias atrás!
Elas passam por mim,e me deixam o seu cheiro. Ah! Quanta saudade daquele tempo que seu perfume empregnava em minha roupa,me fazendo delirar,sonhar e pricipalmente acreditar em nós. Borboletas,acompanhem os passos do meu amado,traga ele de volta pra mim,não permita que tudo seja em vão.
A sorte que tive em ter você em minha vida,as borboletas me deram essa graça divina.
As borboletas pedem pra que você retorne,já faz algum tempo que está por aqui,foi tudo tão bom que nem percebemos a hora do fim!
Então peço pra que vá embora. As borboletas sentem a sua falta,e agora vou saber como elas puderam suportar essa ausência por tanto tempo.
A saudade talvez me pareça um sofrimento sem fim,mas quem sabe um dia as nossas borboletas tenham piedade de mim?

terça-feira, 27 de julho de 2010

PontOito, estou irritada!



Borboletas ignorantes, ridículas, petulantes, incovenientes. Porque me vendaram e me mandaram voar? Isso não foi honesto comigo, vocês são falsas e mudam de cor rapidamente, agora são vermelhas, da mesma cor de minha venda.
O vento foi forte, mas estou aqui. Agora penso em me repousar e não consigo se quer achar uma posição, todas me fazem sentir dor.
Eu cai borboletas, estão satisfeitas? Claremente que devem ter achado muita graça, mas aquele som patético de alguns meses atrás ainda me irrita.
Se cuida coração.

Prêmio Blog de Ouro 2010.

Fui indicada pela Carol Fernandes, do blog 7 vezes, o blog que vale ouro.



Existem algumas regras que não podemos deixar de fora:

1º - Colocar a imagem do selo no seu blog.
2º - Indicar o link do blog que te indicou.
3º - Indicar mais blogs,para receber o selo.
4º - Comentar nos blogs indicados por este selo.


Eu indico, estes blogs que valem ouro:

Bruna: apenas sentimentos
Carol Fernandes: 7 vezes
Filipe Ferreira: words are bullets...
Maressa Dias: je suis amarelo

Obrigada.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Um amigo leitor de PontOito


''Blog pessoal é importante por essa razão.
A pessoa transfere seus sentimentos para o texto da maneira que interpreta.
No começo, não tinha tanta confiança se a tal borboleta conseguiria chegar à onde tanto almeja.
Mas cada vez, ganhava mais força. Talvez, a delicadeza da borboleta à atrapalhe quando o vento está mais forte. Mas isso não à impede de voar.''

PS.: Comentário de Filipe, um amigo leitor de PontOito. Obrigada por me acompanhar e adorar.

Voando com asas crueis.



Algumas pessoas quando se deparam com as borboletas lembram de mim e delas, não estava nenhum pouco animada para hoje falar nelas, por mim basta já com as minhas palavras sei que já fui capaz de ferir muitas pessoas com elas, e de alegrar muitas também.
Elas são azuis e gentis, mas passaram a me odiar desde de sabádo! Elas são verdes, têm a cor da esperança a esperança que eu tive durante muito tempo e não quis usa-la e hoje tô contigo, me sinto mal e com as asas cortadas pelo que fiz. Esperei por tanto tempo não sei se pretendo me redimir novamente, acredito já conhecer o final.
Não posso avançar se quer um degrau, ainda me sinto como se estivesse sozinha, mas durmo ao escutar todas as noites: '' Eu te amo.''
E mais uma vez, é um risco correr esse risco. Tenho medo de ter medo, e por amar demais enganei a mim mesma.
Sou uma menina ridícula, que troca os pés ao voar, mas acontece que sonhei tanto por este dia.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Que tal amor?



Estou aqui para isso, as borboletas voam mas sempre sentem a sua falta. Ter a liberdade é isso é saber usa-la, tenho tudo que quero sou uma borboleta verde linda, apaixonada e não ligo para o que os outros dirão sobre minhas asas.
Para aqueles que criticam, deveriam voar também, mas não comigo detesto gente chata que fala durante a viagem por isso penso em voar só!
E o meu Ponto para a aterrissagem é número oito, sei que irei voltar ao céu, voar novamente e seguir, com borboletas azuis me destaco entre elas por ser a única verde.
Hoje elas estão de bom humor, mas como sempre têm vontade de voar.
Não sei quando vou fazer uma crítica novamente, talvez seja no dia que as minhas asas novamente se machuquem, mas como sempre há uma cicatrização.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Novas Borboletas.



Novo visual para PontOito, cara nova tudo novo em minha vida. Tenho que oferecer os agradecimentos a um amigo que trabalhou em um novo design para meu blog, estava mesmo pensando em mudar.
Até parece que você Filipe sentiu a mudança em minha vida, este post é especialmente para agradecer a ajuda que tem oferecido, e por ser também um leitor de PontOito, obrigada!
Usando os seus conhecimentos, soube -me orientar bem como desenvolver.Hoje não estou para muitos amores, estou apaixonada pela vida, e não pretendo ficar na cadeira no meu computador digitando. Hoje vou viver, voar como as minhas borboletas, elas estão felizes me chamando para sair!
Como não posso desobedece-las estou retomando ao amor. Até breve!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Te faria um cafuné agora.


Hoje acordei completamente apaixonada, acreditando firmamente em 23:23, apaixonada como era antes. Em postagens feitas hoje mencionei não está apaixonada e agora me contradizo falando o oposto, sabe porque? Sabe do medo que tenho em sonhar, como alguns amigos meus têm pesadelos eu também tenho, como nesta noite e acordei chorando.
Aposto em nóis dois com paixão, assim como já apostei em meu time e você no seu e nos ganhamos.

Com todas as gírias da Internet, para je suis amarelo.


Um jeitinho meigo de ser que sempre me cativou desde o ínicio de tudo, quando a conheci encontrei nela um conforto extremo,uma loucura sem limites, Maressa sinceramente não combina com equilíbrio ;D
Alías ela não faaz nem questão de ser equilibrada acredito eu.
E isso faz com que ela se torne ainda mais rara diante os outros,porque todos sempre tentam manter o equilíbrio,e essa floor tem sim o sorriso contagiante,a beleza de todas as cores,a paz em cada manhã, e principalmente tem dentro dela e com a certeza que não precisa comprovar para ninguém que tem o equilíbrio pra si,loucura é muito mais gostoso que viver nesse mundo cheio de realidade bruta,e essa minha menina vive na tal Terra do Nunca quem dera eu ter a mesma força de vontade de enfrentar todos e cair pra essa Terra,onde todos são como querem ser,onde riem sem se preocupar se é hora de ri,ou não,gritam sem se preocupar se há alguém que vá condenar.
Esse é o mundo da menina que cresce a cada empurrão da vida.
e mesmo com tudo a minha menina tem medo de deixar esse mundo tão irreal e cair pra esse mundo que a realidade é triste,e mesmo com suas inocências sabe que esse mundo tem que ser vivido por todos,porque é necessário crescer e assim minha menina vai crescendo da forma que ela acredita ter que crescer,e sei que quando tiver que tomar uma decisão ela vai na escolha certa. Porque afinal: ''Ela é mulher com jeito de menina!''
Aos olhos de muitos Maressa seria sinônimo de 'sem noção' ;s mas afinal,quem são 'os muitos' na vida da minha menina?!
Maressa pra mim é sinônimo de: Ilusão Real de uma realidade bem vivida,uma receita de vida que aconselho a todos viver.

Ela sabe viver,minha menina,tenho orgulho. Eu te amo,menina do abraço sincero. ;D


16/10/09

Ei, venham até aqui.


''Essas borboletas não estão mais calminhas. hmm..''
Diz um bom amigo neste exato momento ao ler a minha última postagem, e confirmo.
Elas realmente não andam nenhum um pouco calmas, estão com vontade de voar para bem longe de uma forma que você não possa mais nota- las. Sentirá a falta, mas não notará!
Quero voar como uma borboleta, largar esse vicio de que me é você, afinal você não combina com as minhas borboletas, elas amam, amam e amam.
Já você me consome e me ama quando quer. Insisto em falar sobre você e sobre as minhas borboletas!

Silente



Era o que deveríamos ter feito, calados, surdos e cegos para a paixão. Hoje odeio futebol, falando em Flamengo e Fluminense então que são rivais no campeonato carioca, somos constantes rivais um do outro, só nos gostamos e não sei se isso é tudo.
Dizem por ai que 'quem ama muito tempo não pode se divertir.' Ei! Não sei o que dizer, o será que não seria melhor ficar mesmo calada, ou até mesmo falar em borboletas?
Que elas sagram ao te vê partir novamente, mas elas são as únicas que amo, elas são livres mesmo amando, elas voam mesmo apaixonadas, mas de uma coisa é certa elas são apaixonadas pela vida, porque elas passam uma grande parte de suas vidas apenas observando e quando batem suas asas é para nunca mais voltar.

Homem x Mulher



Ontem ao fazer mais um dos meus sacríficios me deparei com uma cena que custou 5,00 reais.Uma mulher nitidamente sofrida por ter dado valor demais em um homem e esqueceu que nossas vidas sãos individuais, que é cada um por si devemos somar com a união de um possível casamento.
Homens são todos 'farinha do mesmo saco', me enganei em um dia afirmar que existiria algum diferente, nós mulheres que fazemos o homem que temos. Um homem na vida de uma mulher tem extrema importância, já várias mulheres na vida de um homem tem mais importância ainda!
Não vou me apaixonar novamente, a noite de ontem foi apaixonante, mas foi você quem quis assim e fez um enorme esforço. Hoje eu havia planejado uma noite melhor ainda, você me garantiu uma desculpa um pouco convincente, mas sabe como nós mulheres somos, acredito amanhã não querer mais, não estou apaixonada.

sábado, 17 de julho de 2010

Pirraça, já perdeu a graça.




Não tenho o costume de postar durante o final de semana, acho muito importante está fora de mim e fazendo loucuras para lhe deixar com ciúmes, e mais uma vez escrevo para te afetar, para chamar a sua atenção, quem sabe assim perceba o grande erro que está cometendo acreditando que sempre estarei por aqui pelo simples fato de gostar de quem você é. Posso gostar de longe até mesmo nem observar, talvez me reste lembrança.
Estou me desapaixonando isso é ruim, já não tenho me interessado tanto, creio não te conhecer e tudo que desejo é está enganada.
Sei que ao ler vai pensar em todas as minhas confusões, mas não notará que mencionei gostar de você, quem sabe nem leia!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Mostre dentes.



Me escondo em textos, o significado do meu nome é alegria, mas deve existir limite para toda alegria submetida em nós. Não convém, tenho um bom humor contagiante, e você leva seriedade em tudo que posso fazer e falar, mas é como eu, também tenho um bom humor!
Acredito que tenha sido a 1ª vez que me comparo com você, somos muito diferentes.
Hoje percebi que sempre soube cantar todas as músicas da moda, mas me camuflava na terra divina, poderia me afogar caso você não me chamasse a atenção, e de lá da terra escutava sua voz cantando uma canção de tristeza: ''Tudo que eu quero é você de volta.'' ♪
Existia tristeza que pudesse tirar o seu bom humor, acredito que ao ler tenha passado um filme com gênero de drama em sua cabeça. Por isso me respeite, não me conte o que aconteceu enquanto as borboletas teimavam e se ausentavam, porque sendo assim posso me lembrar de uma canção triste também.
Então vamos fazer aquilo que fazemos de melhor, e você tem de mais bonito?

Quando estavámos separados, me perguntaram quanto me custava um sorriso.

Use-me!



Talvez ainda seja muito menina ao ponto de perceber que sou pequena demais para enfrentar o meu chefe, minha mãe, penso em conquistar o mundo e esqueço da hierarquia existente em nossa sociedade. E você é um chato que me acusa de crimes inofensivos diariamente!
Mulher de festa, ou será uma menina perdida que tenta acompanhar seus passos?
Borboletas sangram com palavras destruidoras, não mostrarei somente a você como elas podem voar.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Chefe quero férias!


Um carta de agradecimento ao Sr. Presidente Luís Inácio Lula da Silva, ao assinar a seguinte LEI Nº 11.788 DE 25/09/2008.
Logo estou de férias, querido 'chefinho' e você não tinha os conhecimentos dos meus direitos, somente dos meus deveres. Tenho apenas 17 anos, sou muito nova para levar esses problemas para minha casa, como você faz.
Acredito que não tenha dormido aquela noite, no dia em que te pedi férias, e mal sabia que esse era mais um de meus direitos, e estou amparada pela Lei. Naquela noite virou a madrugada buscando algo oposto do que havia dito com certeza e confiança a você:
- ''Quero férias, pois perante a LEI Nº 11.788 estagiários têm direito ao recesso remunerado (férias) de trinta dias a cada doze meses de estágio na mesma Empresa ou, o proporcional ao período estagiado se menos de um ano, compreendo que estou há 6 meses, por isso quero apenas 15 dias.'' Logo, fui surpreendida com um ''não'', a Lei não te ampara.

- '' Antes de me dirigir até você tomei conhecimento dos meus direitos, e sim sei que posso-me ausentar durante 15 dias.'' Ele me mudou de departamento, afirmando que sou sábia o bastante para me adaptar a parte burocrática da empresa.

Sou estagiária, estou usufruindo daquilo que é meu de fato. Não vai ser você 'sabichão' que me tirará o chão, PontOito é fruto do seu deslize de me supervisionar, postava enquanto você trabalhava e se preocupava.Uma dica ao senhor, com todo o respeito que nunca faltou: - Tira férias, a Lei te ampara também.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Liquidação de pensamentos.



Ideias maçantes deveriam ser coibidas do meu alcance, já que não domina bem o assunto não tente impressionar, seus pensamentos são desdoiros deveriam urgentemente serem liquidados em uma feira barata, isso para uma menina um pouco bonita.
Digo o mesmo para você rapaz com cheiro de moça, seu perfume é tão desagradável quanto um perfume barato de farmácia, digo para um ex colega de trabalho: Desdoiro essa é a sua característica, já que sou tão receptiva não é mesmo?
Sua psicologia intelectual sem valor, palavras ao vento, ninguém entende e nem fazem questão, vá para os EUA e esqueça logo de vez o sertão de ontem veio.
Vocês dois deveriam ter nascido na época da Ditadura, eu exilaria vocês deste país com essas ideias baratas e petulantes, vocês poderiam até mesmo tentar compor uma música, mas jamais fariam sucesso como Caetano Veloso, Gilberto Gil, entre outros. Suas músicas seriam liquidadas, como seus pensamentos em uma constante liquidação.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Aborto Espontâneo, aborte - me.


Vejo PontOito com se fosse um filho que não tenho aos 17 anos, lindo porque todas as mães acham seus filhos belos e bonitos, ficam felizes ao perceberem seu desenvolvimento diante da vida.
A evolução de PontOito foi cada dia me surpreendendo, me sinto lisonjeada ao perceber que algumas de suas amigas também celebram o meu 'filho', posso compreender que o sonho de cada mulher é ter um belo filho no qual nos orgulhemos e possamos falar: '' Esse é o meu filho.''
Existe uma que detesto, posso afirmar que ela tentou, mas a gravidez na adolescência é algo precoce! Ela não tem nada a dizer, por isso diz asneiras. Não posso dizer que ela não tenha a quem dizer, pois não a conheço bem e pelo que leio e creio não tenho desejo, pois não há atrativo.
Uma outra, acho linda e sei exato pelo que ela passa, li suas palavras e digo: ''Que filho lindo, meus parabéns!''
Quem sou eu para que pudesse julgar pensamentos de algumas meninas, mas acredito que posso falar em filhos.
Uma menina que ainda não sai porque pode e sim porque foge, não tem condições nenhuma de criar um filho, logo ainda não tem estrutura em sua vida e se julga crescida.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Quanta graça.



Me busque em algum lugar, seja com as mãos para trás ou até mesmo tampando seu rosto andarei ao seu lado com muito gosto, não serão precisas ofertas baratas com um duplo sentido.
A minha imagem todos conhecem não existe uma nova dança, mas entre os muitos que sorriem estou entre eles, e não pretendo mais deixar uma lágrima festejar em meu rosto.
A alegria me consome a minha inspiração para escrever se encerrou, leio e releio meus textos e não vejo mais tanta graça nos atuais, os antigos me surpreendem! Sei que existem pessoas que gostam do que escrevo, e para elas lhes ofereço um belo sorriso.

domingo, 4 de julho de 2010

Borboletas permanecem.


Talvez o encanto realmente tenha acabado, mas o carinho que sinto por você me é eterno. Faça chuva, faça sol o meu amor por você se manifestará em horas mais oportunas, me sinto bem pois acredito que esse sentimento seja recíproco!
O nosso acordo foi que poderíamos ter a capacidade de esquecer tudo aquilo que as borboletas nos trouxeram de ruim.
Confio e acredito em você até que me prove o contrário, às vezes busco uma falsa ilusão diante de nós por não acreditar em tanta perfeição, prefiro crê que os seus defeitos não possam se adaptar aos meus, que suas manias devem ser corrigidas, algo deveria dá errado porque não há final feliz!
Mas estamos em um novo começo, não te conheço e desconheço suas manias por um instante há felicidade e sede de vitória por ambas as partes.
Sem nenhum encanto seguiremos, chorarei se preciso for.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

...


"Muitas vezes, meu sorriso se camuflou com aquela lágrima que teimava em querer cair
Eu fui teimosa e disfarcei com um sorriso.
Dizem que isso é falsificar sentimentos
Mas eu prefiro chamar de tentativa de melhora.
Mas eu quis, busquei, insisti e não desistir
E se hoje esse sorriso demonstra o que eu sinto
É porque eu lutei, conquistei e venci!
Estou feliz e vou gritar pra todo o mundo ouvir.
Nada,nada e nem ninguém vai conseguir mudar isso."

O CEP seria o mesmo.


Detesto despedidas, mas são necessárias em nossas vidas.
Hoje não tenho a quem me despedir, mas posso ter - me despedido de você hoje sem ter mencionado se quer um 'tchau', porque despedidas são doloridas e trazem com elas lágrimas que não pretendem caminhar novamente pelo meu rosto. Estive mais alegre ontem, mas hoje vejo um futuro surpreendente não preciso mais de você para que esse dia seja alegre, às vezes me pego pensando em certas coisas que me chateiam confesso que as minhas lembranças não são mais boas como antes!
Agradeço e me despeço, pois existem pessoas a minha espera, eu espero por mim mesma estou logo ali naquela mesma esquina esperando e observando somente a mim.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Infância permaneça na lembrança.



Quando criança tinha vontade de crescer o mais breve possível, não tenho vontade de voltar a infância como dizem por ai o 'gente grande', ainda me resta malicia para algumas virtudes da vida. Tenho-me recordado de muitos acontecimentos em minha infância, lembro que a primeira vez que tomei um sorvete foi aos sete anos por muito amor e cuidado, até hoje não domino bem uma bicicleta, mas dizem por ai que ' é como andar de bicicleta, a gente nunca esquece.' Palavras de uma 'pessoa grande', me lembro também de uma bíblia ilustrada as imagens me veem a cabeça trazendo assim algumas histórias bíblicas, ao lembrar da minha primeira bíblia me recordo também do meu primeiro livro se chama Poliana.
Era uma criança que ao invés de escutar Xuxa escutava Renato Russo e Cazuza, jogava alguns jogos educativos como jogo da memória e dominó, mas quase nunca pulava amarelinha gostava e dominava a corda, mas o jogo favorito da pequena e grande Letícia era o jogo do contente, aprendi com o livro Poliana. Havia uma única regra no jogo: Seja feliz, cresci e por alguns anos de minha vida esqueci do meu jogo favorito tenho certeza que minha mãe sente saudades, ela me presenteou com esse livro, quando me tornei mulher ela me nomeou 'menina mulher'.
Para a menina foi apresentado o jogo do contente, que esqueceu a única regra do jogo e agora a mulher se encontra em uma situação que seu amado lhe ensina o mesmo jogo, um jogo que já jogo a anos acredito poder dominar, e conhecerá a grande mulher mesmo me subestimando a vencer esse jogo!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Que nada seja eterno, amém!


Corpos e mentes, almas e dentes, o retorno das borboletas surpreendente elas cruzam pelo meu caminho mais uma vez tenho pra mim que antes da morte a última imagem em minha direção serão borboletas, e mais uma vez corpos e mentes, almas e dentes e as borboletas lá estarão.
Uma imagem breve do meu primeiro e único amor, porque não seríamos como ’até com que a morte nos separe', sendo assim estamos correndo contra o tempo, estamos morrendo lentamente a cada dia e pensamos e temos com uma utopia a tal 'Dona Felicidade' acreditamos estar imensamente felizes, mas não fechamos os olhos mediante a vida porque fomos feridos ao manter olhos fechados!
De olhos atentamente abertos acredito que estou mais uma vez amando, minha mãe disse ter inveja de mim por um instante: porque sua filha já chorou de tanto amor, mas suas lágrimas secaram com o vento que te trouxe de volta.

domingo, 27 de junho de 2010

Então seguiremos.


Em um quarto escondido tenho vivido uma vida de princesa, as minhas lágrimas não duram mais uma minuto tenho estado feliz a cada quebra de esquina, o sorriso perdeu a cor amarelada dando origem as nuvens no céu. Eu sou tão feliz a ponto de invejar alguns ao meu redor, mas não sou mais feliz que meu amado pra ele não há nenhum dia sem estrela, sem sol as minhas nuvens negras de alguns dias não são capazes de ofuscar a felicidade do meu amado!
As nuvens negras aparecem em momento de dúvida, quando não tenho exata certeza se estou indo na direção certa, então pra que elas possam voltar a sua origem de cor branca me levanto de um quarto de ilusões e fantasias e vou viver a vida real com muita mais força e deixar de lado as ilusões de um possível final feliz, porque quando o final chegar novamente terá mais uma vez um gosto amargo e só notarei ao morder.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Outra vida- Armandinho



"Talvez não seja nessa vida ainda
Mas você ainda vai ser a minha vida
Entao a gente vai fugir pro mar
Eu vou pedir pra namorar,
Você vai me dizer que vai pensar,
Mas no fim, vai deixar

Talvez não seja nessa vida ainda
Mas você ainda vai ser a minha vida
Sem ter mais mentiras pra me ver
Sem amor antigo pra esquecer
Sem os teus amigos pra esconder
Pode crer, que tudo vai dar certo

Uebaruê iô,
Sou Pescador, sonhador
Vou dizer pra Deus nosso senhor
Que tu és o amor da minha vida
Pois não dá pra viver nessa vida morrendo de amor

Talvez não seja nessa vida ainda
Mas você ainda vai ser a minha vida
E uma abelinha vai fazer o mel
Estrela Dalva vai cruzar no céu
E o vento certo vai soprar no mar
Pode crer, que tudo vai dar certo

Uebaruê iô,
Sou Pescador, sonhador
Vou dizer pra Deus nosso senhor
Que tu és o amor da minha vida
Pois não dá pra viver nessa vida morrendo de amor

Uebaruê iô,
Sou Pescador, sonhador
Vou dizer pra Deus nosso senhor
Que tu és o amor da minha vida
Pois não dá pra viver nessa vida morrendo de amor

Uebaruê iô,
Sou Pescador, sonhador
Vou dizer pra Deus nosso senhor
Que tu és o amor da minha vida
Pois não dá pra viver nessa vida morrendo de amor

Uebaruê iô,
Uebaruê iô,
Uebaiô oooô

Você acredita em uma outra vida, só nós dois?
Pode crer, que tudo vai dar certo..."

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Esqueceu da nossa conversa hoje, então...


Um sucesso, um fracasso, inúmeras dúvidas, diversas surpresas e agradecimentos.
O meu blog tem sido um grande sucesso foi um fracasso você não ter lido algo que não falasse sobre você, ainda me restam dúvidas de como será daqui pra frente a minha surpresa que estamos juntos mais uma vez, e posso agradecer ao meu sucesso.
Ainda não havia falado sobre o nosso reato, porque ainda não me acostumei com a ideia de que por mais uma vez tenho uma chance. Em uma outra vez fui eu quem falhou e agora a você a ferida cicatrizou!
Ainda não posso crê, porque sei exatamente o que se passa em sua cabeça veio até a mim, mas esse não era o momento você tinha medo de fato da perca. Como fiz!
Quando reatamos pela primeira vez ainda escondia de algumas pessoas o nosso retorno e você cobrava de mim uma exposição necessária para que o alvo do nosso deslize soubesse que estávamos juntos novamente. Escondi de algumas pessoas por um tempo, em meu site de relacionamento não via necessidade de contar a ninguém, mas não havia resposta quem via ficava na dúvida, já você diz a todos de alto e bom-tom, ou melhor diz nada a ninguém!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Deram pernas à Mona Lisa




''O quadro representa uma mulher com uma expressão introspectiva e um pouco tímida. O seu sorriso restrito é muito sedutor, mesmo que um pouco conservador. O seu corpo representa o padrão de beleza da mulher na época de Leonardo.'' Pesquisa Wikipédia
Mona lisa, um dos quadros mais conhecidos por todos mesmo que desconheça a história da arte. Eu mesmo desconheço e detesto a história da arte, o meu professor de arte não me entusiasma nenhum um pouco sou péssima em pintura e desenho muito mal, mas conheço uma Mona lisa.
Ela é uma leitora do meu blog não a conheço bem, mas pelo pouco que pesquisei sobre o retrato ela se encaixa perfeitamente na descrição. Leonardo a desenhou e hoje ela sai do retrato porque tem curiosidade em conhecer a 'vida real'.
Acredito que ela ame alguém como eu sou apaixonada por um outro alguém, posso crê que também é amada assim como eu também sou! Mas ela é conservada como Mona lisa, já eu sou como Princesa Isabel tomo frente e conquisto o que quero.
Já estou misturando as histórias, Princesa Isabel não posso si quer imaginar sua fisionomia, já Mona lisa se encontra calada, tímida e conservadora como o retrato. Alguns historiadores dizem que o retrato de Mona lisa seria o auto retrato de Leonardo da Vinci, em uma vida real posso imaginar quem seja o Leonardo da Mona lisa que conheço, carinhosamente apelidada como Mona e chamada por ele.

Os astros de bom humor em sua direção.


Fui surpreendida pelos astros, com uma amiga aqui presente escrevo, essa seria a primeira vez que escrevo longe do meu local de trabalho, aqui não há equipamentos que manuseio bem. Estou rodeada de amor e conforto, em um lugar que posso me acolher sempre que precisar.
Essa minha amiga não pode ser citada como 'essa' e sim como 'a minha amiga', se chama Dímitra um nome de origem grega e russa, diferente como a minha amiga que hoje eu tenho o prazer de conforta-la, ela rezou em minha frente e esqueceu de pedir por mim existem outras coisas em sua cabeça que atormentam,e hoje sou eu quem peço por ela e por quem tem importância a ela.
Deus atenderá ao meu pedido, como já atendeu milhares de vezes, preciso e necessito desse sorriso com ela. Indico as borboletas que venham até aqui e sigam atentamente junto a ela, caso algo de estranho aconteça me chamem elas são desobedientes, mas nunca erram o caminho de volta para uma próxima bênção.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Sigo só.


Vou para a Rodoviária hoje sozinha e você só irá saber que fui só quando aqui ler, são 15h 47min e já posso prevê que irei chorando, há tempos não choro não sei exato o que houve comigo por esses tempos. Tenho estado tão forte que você não seria mais capaz de me chatear, não posso mais me entregar a você sofri, mas passou!
Ainda não consigo me conformar com a volta das borboletas, não tive a intenção de vê-las novamente estava chateada com a ousadia delas, e hoje só sei me amar. Gosto do seu cheiro e do seu cabelo, mas quando posso aproveitar esses momentos você se encontra fora de si, tem estado tão abusivo e não se recorda das minhas palavras em sua cama, dormiu e me deixou falando sozinha, assim como hoje irei só sem você e corro riscos como corri enquanto não andávamos juntos, e sobrevivi!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O céu de Brasília nunca deixa a desejar!


Há um tempo que penso nessa postagem, mais ou menos uma semana e meia. Fiz um passeio por Brasília, o céu estava lindo e naquele exato momento pensava em te esquecer, estava delirando conversando com as estrelas que ainda não habitavam o céu, via nelas com clareza uma vida luxuosa do jeito que você queria.
Em Brasília passei por muitas horas, senti aquele frio na barriga ao descer de levador voador, com algumas amigas me distraía e quando pensava em falar sobre você um tapa me era direcionado!
Fiz tudo como deveria ser, mas não tinha nenhuma intenção ainda sabia te amar, mas já havia desistido de você.
Brasília a cidade planejada e estruturada, sendo assim a capital do nosso país. Poderíamos ser como nossa cidade natal e tudo daria certo.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

quinta-feira, 27 de maio de 2010

... Sem amores,me diga como viver!


''- Nossa Letícia detesto o seu blog, você só sabe falar de amores e do homem por quem você é apaixonada, mas me amarro em seus textos.'' Então para uma amiga que nunca amou ninguém, ou até mesmo já sofreu demais por alguém e hoje quer passar uma imagem de 'durona' escrevo.
Sei o quanto gosta de me vê sorrir, e de sorri junto a mim, que gosta mesmo de me vê embriagada trocando as pernas e pular numa piscina em uma festa junto a você.
Fazemos isso para fugir dessa realidade de amores e homem da vida! Vejo graça em te vê correndo contra eles, uma hora será flechada pelo cupido da paixão mesmo acreditando na inexistência dele.
Vamos beber, gostar de garotos apenas gostar e não amar, pular na piscina, perder a sandália em uma festa, chegar em casa sem saber mesmo como saiu e deitar a cabeça no travesseiro e agradecer a Deus por não ter chateado ninguém naquela noite, porque ninguém mesmo esperava por você, e obrigada pela companhia eu tenho para quem ligar!